Para visualizar correctamente este conteúdo "clique" no botão em baixo e faça download do último plug-in do Flash Player.

Obrigado.

Sabores do Barrocal

Sabores do Barrocal

Frutos doces e temperos especiais

A faixa de transição entre o litoral e a serra, o Barrocal, tem uma ementa variada, pois além do peixe da costa, recorre à produção de legumes, à criação de gado e à apanha dos frutos.

As laranjas são um dos símbolos da região, a par dos tradicionais frutos de sequeiro, como as amêndoas, os figos e as alfarrobas. Tal como as romãs, tidas como o fruto da sorte e da paixão, os citrinos colhem-se a partir de Outubro. Os medronhos são apanhados no início do Inverno, mas esperam até ao Carnaval pela transformação em aguardente.


É uma típica gastronomia de origem camponesa, simples e prática, em que se destacam as favas, galinha cerejada, perna de borrego no tacho, cozido de grão ou de repolho, conserva de cenoura ou caracóis cozidos com ervas aromáticas. Pratos devidamente condimentados pelo azeite, orégãos, poejo, alecrim e os coentros, que a terra dá e o homem aproveita.

Os queijos de cabra e ovelha, e os deliciosos doces tradicionais feitos à base de amêndoas, figos e alfarrobas, são uma óptima sugestão para terminar a refeição, acompanhados por um dedal de aguardente de medronho ou licor de figo.

Actualizado em: 21-10-2014

Visitante: 21004705

  • Turismo de Portugal